O corpo humano funciona como uma máquina e, como todas elas, pode apresentar problemas de vez em quando, precisando de um reparo. Porém, alguns desses “defeitos” não são visíveis, o que torna ainda mais difícil de tratar, que é justamente o caso do desequilíbrio hormonal. Por esse motivo, é importante conhecer seus sintomas.
Em nosso corpo, existe uma variedade imensa de hormônios, responsáveis por controlar funções diversas, que, com o passar dos anos – e por fator externos também – podem sofrer certas mudanças e gerar consequências para o organismo. Muitas das vezes, ignoramos essas modificações por pensar que são coisas normais do corpo, mas é preciso dar atenção a elas. Vejamos quais são os principais sintomas do desequilíbrio hormonal!

Como saber se estou com desequilíbrio hormonal?
Bem, existem sinais variados que indicam uma falha no funcionamento dos hormônios. É importante ter atenção a esses sintomas para buscar ajuda médica imediata, a fim de evitar maiores consequências. Os principais sintomas de desequilíbrio hormonal são:
• Alterações no sono, como insônia frequente. Esse sintoma pode indicar uma deficiência na produção de estrogênio e progesterona, por exemplo.
• Mudança de peso repentina. A falta de alguns hormônios e a produção excessiva de outros, como o cortisol, podem causar acúmulo de gordura corporal, principalmente na região do abdômen.
• Surgimento de acne. Esse também é um sintoma muito comum que aparece quando há o desequilíbrio hormonal, principalmente de hormônios relacionados às funções sexuais.
• Mudanças de humor. Às vezes, podemos pensar que estamos passando somente por um dia ruim, de mau humor, mas é preciso estar atento, pois esse pode ser um sinal de desequilíbrio hormonal.
• Suor em excesso, principalmente durante a noite. O desequilíbrio de hormônios produzidos pelas glândulas suprarrenais, pelos ovários, tireoide, pâncreas e trato digestivo é a principal causa das sudoreses.
• Fadiga constante. Um dos sintomas mais comuns quando falamos de desequilíbrio hormonal, se você está percebendo um cansaço em excesso, é interessante procurar seu médico já.
• Dores de cabeça persistentes. Outro sintoma muito comum de desequilíbrio hormonal são as dores de cabeça e episódios de enxaqueca.
• Aumento da fome. A grelina e a leptina são os hormônios que controlam o apetite, e problemas relacionados aos seus níveis no organismo podem gerar aumento da fome.
• Perda de libido. Pode ser que você não tenha mais interesse no seu parceiro, mas também pode ser que esteja com algum problema hormonal, por isso é interessante buscar ajuda médica caso note falta de libido.
• Ressecamento vaginal. Esse é um sintoma muito comum nas mulheres que estão sofrendo um desequilíbrio hormonal, isso ocorre principalmente na fase da menopausa.

É essencial observar as alterações do corpo, pois, como já falamos, o desequilíbrio hormonal pode gerar consequências graves, muitas vezes difícil de serem tratadas. Portanto, caso haja a presença de algum sintoma, é fundamental buscar ajuda médica imediatamente. Além disso, manter os exames em dia ajuda a controlar as alterações do organismo. Não deixe de se cuidar!

Deixe um comentário

© Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por Odara Digital