A estação do chá

O inverno é ideal para usufruir os benefícios da bebida

Para curtir os dias e as noites mais frias da estação, nada melhor que um chá quente. Principalmente se ele tem vantagens de proteger o organismo de gorduras, melhorar a digestão ou reduzir a pressão arterial dos hipertensos.
Aconselho o consumo desta bebida em qualquer estação, mas acho que o inverno é a época ideal para usufruir o que ela oferece de melhor. Recomendo o chá verde que contém como princípio ativo polifenólicos que evitam a agregação de plaquetas no sangue, prevenindo as doenças cardiovasculares como tromboses e enfartes.
Por possuir elevado teor de teofilina, poderoso estimulante, deve ser ingerido apenas pela manhã para não interferir com o sono.
No Oriente, o chá verde é tido como responsável pela longevidade de seus consumidores habituais. Alimentos e líquidos quentes estimulam a sensação de saciedade, principalmente quando ingeridos antes das refeições principais.                                            
É uma boa opção para combater as modificações que ocorrem no organismo durante o inverno e que facilitam o ganho de peso, devido à maior produção de hormônios que predispõem ao acúmulo de energia.
        A ingestão de líquidos aquecidos como chás e sopas são ótimos para reduzir a fome,  já que estimulam no sistema nervoso central a saciedade sem inibir completamente o ato ou a necessidade de comer.
         Ao bebermos um chá ou tomarmos uma sopa quente antes de uma refeição, diminuímos a sensação de fome nas primeiras garfadas pelo  calorzinho e pelo volume de líquido no estômago.
         O abuso de chás com teínas ou cafeínas, entre eles o verde, o chá preto e o mate, devem ser evitados, especialmente por crianças, adolescentes e indivíduos de meia idade, pois essas teínas diminuem o cálcio e o ferro no organismo e devem ser consumidos com moderação. Algumas famílias,  por exemplo, bebem mate como água, o que não é bom.
Indico chás digestivos diariamente após as refeições como os de camomila, erva-doce, hortelã e cidreira.
Recomendo também chás diuréticos mesmo no inverno, como os de casca de abacaxi ou de casca de chuchu ou da casca verde da melancia. Eles são indicados para hipertensos, mas devem ser evitados por pessoas com pressão baixa.

O poder das infusões:

Obesidade: Indico o chá de barba-de-bode para celulite e obesidade, pois contém compostos salicilatos. Ajudam nas dores articulares.
Insônia: Os chás de pé-de-galo e camomila contém lupulina, poderoso sedativo.
Ansiedade: Chá de macela, em infusão das folhas secas e flores.
Cólicas:  Chás de capim-limão e erva-doce tem efeito analgésico e antiespasmódico comprovado. A forma mais indicada é a infusão das folhas em água fervente.
Gripe: Chá de canela, especialmente com mel e limão.
Bronquite: Chá da casca de abacaxi quente com canela, por seus poderes de dissolver o muco. A casca de abacaxi contém bromelina e por isso é muito usada em xaropes caseiros contra bronquite.
Câncer: Vários pesquisadores têm atribuído ao chá da folha de graviola o poder de complementar o tratamento de pessoas com esta doença.

Dra. Odilza Vital F., renomada médica brasileira, com título de especialista de Endocrinologista, tendo concluído Pós-graduação em Geriatria e Gerontologia e especialização em medicina estética.

Entrevista com o personal trainer Alberto Adoni

Odilza Vital - Que benefícios obtemos ao praticar a atividade física com orientação de um personal trainer?
Alberto Adoni - O principal beneficio é alcançar os objetivos com praticidade e segurança, pois em um trabalho individualizado o profissional  respeita as limitações e necessidades do aluno de acordo com seu dia-a-dia, podendo variar mais os exercícios, o que aumenta o dinamismo e motivação, ajudando na manutenção da regularidade nos treinamentos.
 O.V.- E essa febre de academia que tomou conta das pessoas ajuda ou atrapalha?
A.A. - Ajuda, pois possibilita um acesso mais fácil à atividade física. Com a quantidade de academias que se espalham pela cidade todos têm uma próxima a sua casa ou trabalho, com preços que se adaptam a todos os bolsos. Porém é importante verificar se a academia tem profissionais qualificados e se faz a avaliação física inicial, pois só assim a orientação para os exercícios será adequada e segura.

O.V. - Quais os benefícios da atividade física pela vida afora?
A.A.- Os benefícios são inúmeros. A saúde é o principal deles, podemos listar alguns, tais como:
* Fortalecimento da musculatura;
* Melhora na mobilidade articular;
* Melhora na capacidade cardiovascular;
* Melhora na estética e conseqüentemente na auto-estima;
* Melhora no humor
Todos esses benefícios possibilitam uma maior disposição para as atividades da vida diária, uma melhor qualidade de vida e um envelhecimento mais saudáveis e com menos limitações. 
O.V. - Como deve ser a atividade esportiva para o adolescente?
A.A- Controlada, bem orientada, levando-se sempre em conta as características individuais do adolescente. 
O.V.- Quando é que os exercícios físicos são prejudiciais?
A.A. - Quando feito em exagero e sem orientação de um profissional qualificado.

 

 
Imprimr esta página