REMODELANDO O CORPO COM CARBOXITERAPIA

      Carboxiterapia é uma técnica desenvolvida na Europa e usada pela primeira vez no SPA ROYALE  na França nos anos 50. Algumas outras versões desta terapia surgiram na Itália e na Espanha desde os anos 70.
     Nos Estados Unidos a carboxiterapia foi desenvolvida há alguns anos existindo no mercado americano duas máquinas, sendo que a  terapia e as máquinas tem aprovação do FDA.
    No Brasil a técnica é de uso recente , mas a máquina com que trabalhamos que é altamente precisa, obteve a aprovação dos órgãos competentes há poucas semanas.
    Na  carboxiterapia  introduzimos na pele com agulhas mais finas que as convencionais usadas para insulina o gás carbônico(CO2), elemento natural no ambiente interno e externo do nosso organismo e é o principal elemento do que exalamos na respiração.
    A introdução deste gás provoca uma superoxigenação do tecido, pois a entrada de oxigênio no mesmo depende do teor de CO2, o que  beneficia a área, reduzindo a gordura localizada,atenuando a flacidez cutânea , estrias, cicatrizes hipertróficas , e a queda de cabelo.
    O mecanismo de ação se fazendo através da acelerada troca de oxigênio por gás carbônico à  nível da microcirculação, o efeito máximo desta terapia exige uma redução acentuada no consumo dos carboidratos refinados porque a ingestão abundante dos mesmos pode levar à formação de radicais glicosil em conseqüência  da glicose elevada no sangue. Estes radicais têm grande afinidade pela hemoglobina onde se fazem as trocas gasosas nos tecidos, prejudicando os efeitos desejados.
    Outro elemento importante que potencializa o efeito da carboxiterapia é a atividade física, incluindo não só a atividade aeróbica moderada, mas também exercícios de resistência como a musculação e alteres.
    Deve-se no período do tratamento, reduzir ao máximo o consumo de bebidas alcoólicas principalmente nas 8 horas anteriores a sessão. Aconselha-se no entanto, a ingestão abundante de água, mínimo de 8 copos por dia.
     Como o tratamento beneficia o organismo de dentro para fora e muitas vezes mesmo no esquema proposto os resultados só vão ser observados após algumas aplicações, propomos pacotes de  4 a 10 sessões por área a serem estabelecidos por critério clínico.
    Como o CO2 faz parte do nosso organismo em diversas etapas metabólicas, não é embólico, não é tóxico e o tratamento não é cruento, elegemos esta, a terapia de escolha para a remodelação do corpo,evitando-se irradiações, ondas eletromagnéticas , e outras técnicas muito recentes  que  a médio e longo prazo não se pode ainda avaliar as conseqüências.
    Lembre-se quanto mais natural, melhor!


Imprimr esta página